Estudantes Matriculados
No student enrolled
Course Review:
Free

O Curso de Engenharia Civil

O curso de Engenharia Civil da UniFSP tem duração de 10 semestres letivos, 5 anos, mediante desenvolvimento do ensino, pesquisa, extensão e tecnologia, com conteúdo mais flexível, centrado no aluno, com maior interação entre teoria (em sala de aula) e prática (em laboratório, visitas técnicas e estágios supervisionados), com uma visão objetiva da sustentabilidade tão necessária dos projetos e das obras de engenharia. Deste modo, preparando o aluno para o mercado de trabalho.

Não existem dados consistentes sobre o número de engenheiros necessários no atual estágio de desenvolvimento do país, entre outros motivos, porque muitos desses profissionais não são contratados como engenheiros, o que dificulta os levantamentos estatísticos. Contudo, em agosto de 2010, durante seminário realizado na sede da Confederação Nacional da Indústria (CNI), foi divulgado que, para atender à demanda atual, seria preciso formar 60 mil engenheiros por ano. Isso corresponderia a formar um engenheiro para cada 3.200 habitantes, o que colocaria o Brasil no mesmo patamar de países mais desenvolvidos. Durante o Congresso Mundial de Engenheiros realizado em Brasília em 2008, foi divulgado que os Estados Unidos necessitariam de 100 mil novos engenheiros por ano, segundo a Carta IEDI (Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Institucional) n. 424 – A Formação de Engenheiros no Brasil: Desafio ao Crescimento e à Inovação.

As principais conclusões acerca da situação da engenharia no Brasil são as seguintes:

1) Há uma forte e crescente demanda por profissionais de Engenharia no Brasil, que é detectado não pelos estudos econômicos mais gerais, em função das metodologias adotadas, mas pelo dia-a-dia das empresas e de suas dificuldades concretas no mercado de trabalho;

2) A formação em Engenharia tem um impacto amplo sobre muitos setores e atividades, e não se restringe apenas às atividades típicas de Engenharia de cada setor/atividade;

3) Esse problema está relacionado à deficiência quantitativa da formação de engenheiros, em especial na graduação, mas muito possivelmente (o que não é investigado aqui) também se relaciona com a qualidade dos egressos em Engenharia;

4) A situação brasileira em termos de engenheiros por habitantes é especialmente precária e insustentável comparativamente a qualquer outro país desenvolvido ou no mesmo estágio de desenvolvimento do Brasil;

 

O Profissional

As principais áreas de atuação do Engenheiro Civil são:

  • CONSTRUÇÃO CIVIL – clássica área de trabalho. Trabalha principalmente com os materiais de construção e processos construtivos, aplicando-os em obras e procurando o desenvolvimento das mesmas para melhor atender o mercado.
  • MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO – estudo das características dos materiais utilizados na construção civil, através da racionalização de suas aplicações, buscar de novas tecnologias que atendem melhor o mercado e otimizando a construção.
  • CÁLCULO ESTRUTURAL – realização de cálculos que atinjam os requisitos de resistência dos materiais, teoria das estruturas, estruturas de concreto armado e protendido, estruturas metálicas, estruturas de madeira e pontes, buscando sempre a segurança da estrutura.
  • GEOTECNIA – atuação em mecânica dos solos, com a interferência de obras de infraestrutura de qualquer natureza, ou seja, escavações, obras de fundações, movimentações de terras, barragens de terra, estabilidade de taludes, sistemas de informação geográfica, entre outros.
  • SANEAMENTO – melhor exploração dos recursos hídricos, dos projetos e das obras de saneamento básico e de saneamento geral (água, esgoto, resíduos e drenagem), tais como sistemas de abastecimento de água, de esgotos sanitários, do gerenciamento do lixo urbano e dos seus sistemas de tratamento, além do uso de água para saúde pública, controle e remediação ambiental, gestão ambiental e licenciamento ambiental.
  • HIDRÁULICA – aplica os princípios da mecânica dos fluidos buscando envolver planejamento, projeto e construção de obras de aproveitamento hídrico, abrangendo tanto os sistemas urbanos (esgotos, drenagem, abastecimento d’água, irrigação), industriais e prediais, quanto à irrigação, o controle de enchentes e os aproveitamentos hidroenergéticos, obras portuárias, de barragens e de hidrovias. Esse engenheiro está muito ligado aos ramos de saneamento e ambiental.
  • ESTRADAS E TRANSPORTES – uma das maiores áreas da engenharia civil que podem ser seguidas, possui muitas ramificações. Busca a construção, manutenção, traçado de estradas, pavimentos de rodovias, planejamento de sistemas de transportes, gestão e operação de redes rodoferroviárias, portos, aeroportos, além de logística, como o estudo do tráfego com vistas a otimização da capacidade de tráfego, visando reduzir congestionamentos.

O engenheiro civil formado na UniFSP também está capacitado a trabalhar como gestores e administradores, por isso é comum vermos engenheiros em cargos administrativos de empresas. Essas foram apenas algumas das várias áreas possíveis de atuação do Engenheiro Civil, mostrando o quanto a profissão é bem mais ampla do que normalmente se imagina.

A habilidade que mais chama a atenção na formação de um Engenheiro Civil é a capacidade de raciocínio lógico, que é moldada durante sua formação na UniFSP.

A busca pelo aprimoramento quer seja de materiais, cálculos, execução, planejamento, logística, entre outros, possibilita à esse profissional atuar nas mais diversas áreas. Sendo que, quando aliada à capacidade criativa e a eterna atualização de seus conhecimentos, através de especializações e cursos de pós-graduação oferecidos aqui na UniFSP, o engenheiro sempre será necessário para que a sociedade, como um todo, evolua, garantindo não somente condições básicas que um ser humano necessita, mas também, garantindo que nossos recursos sejam mais e melhor explorados, de forma sustentável e segura, sem se deixar cegar pelo brilho excessivo da tecnologia, de forma a não esquecer de que este profissional trabalha para o bem do homem e não da máquina.

 

Objetivos

O Objetivo geral do curso é formar um Engenheiro Civil com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva e uma sólida formação técnico-científica e profissional, capacitado a absorver e desenvolver novas tecnologias, e com atuação crítica e criativa na identificação e resolução de problemas.

Objetivos Específicos

Podemos elencar como objetivos específicos do Curso de Engenharia Civil:

  • Desenvolver práticas inovadoras no ensino de Engenharia Civil;
  • Motivar o afloramento de novas ideias e de espírito crítico de forma que o estudante possa tomar consciência do processo no qual ele está inserido, possibilitando manifestar sua capacidade de liderança e de tomada de decisões;
  • Desenvolver atividades de Ensino, Pesquisa e Extensão, gerando condições que permitam ao aluno a excelência na sua formação;
  • Desenvolver a capacidade de trabalho do futuro profissional, tanto do ponto de vista prático quanto teórico, melhorando sua comunicação oral e escrita;
  • Favorecer o desenvolvimento de habilidades particulares, de acordo com as aptidões, o interesse e o ritmo próprio do estudante;
  • Responder às expectativas de mercado de maneira eficiente;
  • Motivar o desenvolvimento da criatividade e do caráter exploratório do graduando;
  • Intensificar a formação humanística do futuro profissional;
  • Ampliar e consolidar a atuação na comunidade externa, nas diferentes áreas do conhecimento, contribuindo para efetivar a cidadania;
  • Incentivar o pleno conhecimento dos anseios e necessidades locais, mostrando as deficiências e estimulando a proposição de soluções concretas para os problemas sociais, tornando o futuro profissional um agente transformador;
  • Colaborar com os poderes públicos no diagnóstico das suas reais condições, socializando tecnologias de diferentes áreas do saber;
  • Definir e adotar política ambiental interna, com vistas a estimular iniciativas e participações em projetos e ações para recuperação e preservação dos ecossistemas locais e regionais.

Período noturno das 19h às 22h40
5 anos de duração/10 semestres
Coordenador: Prof. Me. Lucas Serrano Girotto
engenhariacivil.avare@fsp.edu.br

 

 Visualizar grade curricular do curso.