Estudantes Matriculados
No student enrolled
Course Review:
Free

A Profissão

A Fisioterapia é uma ciência tão antiga quanto o homem. Surgiu com as primeiras tentativas dos ancestrais de diminuir uma dor esfregando o local dolorido e evoluiu ao longo do tempo com a sofisticação, principalmente, das técnicas de exercícios terapêuticos.A Fisioterapia como profissão nasceu em meados do século XX, quando as duas guerras mundiais causaram um grande número de lesões e ferimentos graves que necessitavam de uma abordagem de reabilitação para reinserir as pessoas afetadas novamente em uma vida ativa. Inicialmente executada por voluntários nos campos de batalha, a Fisioterapia acompanhou as grandes mudanças e transformações do século XX e os profissionais que a desempenhavam souberam agregar novas descobertas e técnicas às suas práticas, sofisticando e desenvolvendo uma ciência própria e um campo específico de atuação, independente das outras áreas da saúde.

Ainda uma ciência em construção, os paradigmas da profissão se encontram abertos e em franca evolução, sempre em busca de mais conhecimento cientifico, revertendo-o em prol da comunidade. É uma ciência aplicada tendo por objeto de estudos o movimento humano em todas as suas formas de expressão e potencialidades, tanto nas alterações patológicas quanto nas repercussões psíquicas e orgânicas.

Seu objetivo é preservar, manter (forma preventiva), desenvolver ou restaurar (reabilitação) a integridade de órgãos, sistema ou função. Como processo terapêutico utiliza conhecimentos e recursos próprios, utilizando-os com base nas condições psico-físico-sociais, tendo por objetivo promover, aperfeiçoar ou adaptar o indivíduo à melhoria de qualidade de vida. Para tanto, utiliza-se da ação isolada ou conjugada de fontes geradoras termoterápicas, crioterápicas, fototerápicas, eletroterápicas, sonidoterápicas e aeroterápicas, além de agentes cinésio-mecanoterápicos e outros mais advindos da evolução dos estudos e da produção científica da área. Atividade regulamentada pelo Decreto-Lei n° 938/69, Lei n° 6.316/75, Resoluções do COFFITO-Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional, Decreto n° 9.640/84, Lei n° 8.856/94 e Portarias do Ministério da Saúde.

O Profissional

Profissional de Saúde, com formação acadêmica Superior, habilitado a construção do diagnóstico dos distúrbios cinéticos funcionais, a prescrição das condutas fisioterapêuticas, sua ordenação e indução no paciente, bem como o acompanhamento da evolução do quadro funcional e a sua alta do serviço.

O fisioterapeuta presta serviços nas áreas da saúde, educação, esporte, empresarial, atuando ainda no campo da pesquisa. O exercício profissional do fisioterapeuta compreende a avaliação físico-funcional do paciente, a prescrição do tratamento, a indução do processo terapêutico, a alta no serviço de Fisioterapia e a reavaliação sucessiva do paciente para constatação da existência de alterações que justifiquem a necessidade de continuidade das práticas terapêuticas.

Áreas de atuação 

1 – Fisioterapia Clínica

– Hospitais e clínicas

– Ambulatórios

– Consultórios

– Centro de reabilitação

2- Saúde Coletiva

– Programas institucionais

– Ações Básicas de Saúde

– Fisioterapia do Trabalho

– Vigilância Sanitária

3- Educação

– Docência (níveis secundário e superior)

– Extensão

– Pesquisa

– Supervisão (técnica e administrativa)

– Direção e coordenação de cursos

4- Outras

– Indústria de equipamentos de uso fisioterapêutico

– Esporte

– Acupuntura

5- Exigências Legais

– Responsabilidade Técnica

– Registro Profissional

Objetivos Gerais

O curso de Fisioterapia da Faculdade Sudoeste Paulista formará o fisioterapeuta generalista, com capacidade para exercer a profissão nos diversos níveis de atenção à saúde, apto a desempenhar as atividades clínicas nos segmentos públicos e privados, primando pela promoção, prevenção, tratamento e reabilitação do ser humano.

Objetivos Específicos

Para atingir o objetivo maior do curso, foram traçados os seguintes objetivos específicos:

– Habilitar o egresso para que realize com eficiência consultas, avaliações e reavaliações, coleta de dados e solicitação de exames propedêuticos e complementares;

– Capacitar o aluno para que, de posse do diagnóstico clínico, avalie o cliente e elabore o diagnóstico fisioterápico, estabelecendo a partir deste as etapas do tratamento;

– Dar condições para que o egresso atue na prevenção, recuperação e manutenção das funções orgânicas, por meio de terapia física, relacionando-as com as modificações decorrentes de atos cirúrgicos;

– Incutir no aluno a consciência de preservar, manter, desenvolver ou restaurar a integridade do(s) órgão(s), sistema(s), ou função dos indivíduos;

– Possibilitar a atuação do egresso na área clínica, no ensino, na pesquisa científica e nos diversos níveis de atenção à saúde preventiva e curativa;

– Difundir um conjunto de valores que permitam melhor qualidade de vida para toda a comunidade;

– Promover a intervenção positiva na sociedade, gerando mudanças que proporcionem o bem-estar social geral;

-Inserir-se profissionalmente, pensar criticamente e empreender investigações científicas disciplinares ou interdisciplinares, visando promover e socializar o conhecimento produzido na área;

– Dar condições para o egresso atuar de forma autônoma em equipes multiprofissionais;

– Buscar o aprimoramento tecnológico dos recursos indispensáveis à promoção da saúde;

– Promover pesquisas que sirvam de embasamento para processos pessoais de atuação profissional;

– Apreender e elaborar criticamente o amplo leque de questões clínicas, científicas filosóficas, éticas, políticas, sociais e  culturais implicadas na atuação profissional do fisioterapeuta.

Período noturno das 19h às 22h40
5 anos de duração/10 semestres
Coordenador: Profa. 
fisioterapia.avare@fsp.edu.br

Visualizar grade curricular do curso.